Revisão da moto para viagem: 7 itens que você tem que verificar

g_revisaoSentir o vento batendo no rosto é uma das melhores coisas de andar de moto e, para aproveitar ao máximo esse gostinho de liberdade, nada melhor do que colocar o pé na estrada e fazer uma viagem incrível, seja sozinha, seja acompanhada.  Mas antes de encher o tanque, é preciso verificar os itens de segurança, como o sistema de freio, e aproveitar o passeio sem preocupação.

Veja o que você precisa ficar de olho antes de viajar de moto. Para saber exatamente quando as peças e fluidos devem ser trocados, dê uma olhadinha no manual do fabricante, já que as necessidades mudam de modelo para modelo. Lembrando que a moto deve passar por uma revisão completa anualmente ou a cada 10 mil km. Respeitar esse intervalo é fundamental para garantir a segurança do condutor e do garupa, além de aumentar a vida útil do conjunto.

Pneus

Primeiro, veja se os pneus estão em bom estado. Pneu careca é sinônimo de perigo, principalmente em dias de chuva. Verifique se a calibragem está de acordo com as especificações do manual do proprietário e coloque um pouquinho a mais de pressão no pneu traseiro para compensar o peso extra caso alguém vá na garupa.

Óleo

Verifique o nível do óleo lubrificante e, se estiver abaixo do recomendado, complete com o mesmo produto já utilizado. Também observe o estado do filtro do óleo, peça que retém as impurezas vindas do ar. Para garantir o bom funcionamento do motor, óleo e filtro devem ser trocados regularmente.

Freio

Item básico de segurança, o freio precisa estar nos trinques antes de ganhar a estrada. Certifique-se de que ele esteja regulado e lubrificado. Em motos com freio hidráulico, também é necessário checar o nível do fluido. Vale lembrar que se você notar qualquer anormalidade no sistema, a moto deve ser levada imediatamente para a revisão.

Luzes

Cheque o sistema elétrico: luzes do painel, do freio, o farol e a lanterna. Rodar com problema em qualquer um desses equipamentos é infração média e pode resultar em multa, além de colocar em risco a segurança de todos à sua volta.

Capacete

O capacete também merece uma atenção extra. Verifique se ele está nem preso à cabeça e se oferece estabilidade. Já a viseira precisa estar limpa e sem riscos para não prejudicar a visibilidade. Todos esses cuidados também valem para o capacete do carona. Não se esqueça dele, viu?

Parada

Pesquise para ver se há postos no caminho para eventuais necessidades, como alimentação, banheiro e até mesmo resolver algum probleminhas de última hora. Isso ajuda a organizar a viagem e evita aquele sentimento de “poxa, deveria ter parado no posto lá de trás!”.

Condutora

A condutora também faz parte do conjunto, viu? Antes de viajar, tenha uma boa noite de sono, alimente-se bem (mas nada de comidas pesadas!) e pare a cada 60 ou 90 minutos para relaxar o corpo. Se puder dividir a direção com o garupa, melhor ainda!